Ads 468x60px

19 de abr de 2016

Já que estamos falando do circo montado neste país...

Cortesia do R7.

... e como este blog é feito com as minhas groselhas, depois de pensar um bocadinho, resolvi expressar minha opinião sobre uma coisa: Jean Wyllys, você enche o saco e não faz favor nem mesmo aos homossexuais!!! Pronto, falei, como diriam os recalcados de Facebook. Não conheço este moço à fundo, por que não acompanhei a trajetória dele no Big Brother - por que acho um programa estúpido e sem nada cultural à acrescentar. Mas faz algum tempo já que venho tendo que praticamente defendê-lo do falatoril de internet. Ele me dá trabalho. Tenho que sair pesquisando cada frase que ele diz, pra ver se de fato ele falou a asneira, e em que contexto. Por que quando pego uma postagem mentirosa, faço questão de desmentir. No começo estava fácil. Ele realmente tem alguns pontos de vista polêmicos, mas tudo era muito justificado. Não sei se foi o Congresso, a água de sanitário que devem servir pros deputados beberem, ou o que é que foi, que foi tornando esse moço cada vez menos defensável. Não que eu queira protegê-lo de algo. É que o danado enche a boca pra falar de negros e homossexuais, e aí mexe comigo. Não sou nem uma coisa nem outra, mas acredito na igualdade de direitos para seres humanos diversos - somos todos - e acho que estas minorias recebem muitas pauladas morais e sociais na cabeça, e merecem ser retratadas como o resto de nós: seres humanos. Com exemplares bons e ruins. 

Aí, na votação do do Congresso pelo impeachment de Dilma, esse energumeno cospe no colega deputado Jair Bolsonaro... Depois de justificar seu voto pelo impeachment com o blá blá blá sexista e racista dele. Por que tem tudo a ver, você justificar tirar tirar uma presidente, ou não, do governo, por conta dos homossexuais e dos negros.... Oi?!? Tá certo que ele não foi o único a falar groselha no palanque - na verdade, neste quesito, ele foi bem na onda do grupelho, e não pode, desta vez, se intitular minoria -, mas o que veio a seguir foi como colocar zilhões de cerejas num cup cake. Ok, ok, alguns aí podem argumentar que o colega deputado é merecedor de uma bela cusparada. Não condeno quem pense assim. Mas, Jean estava dentro da casa do povo, o Congresso Nacional, cumprindo com seu dever de deputado, e embora aquilo pareça um circo de horrores, até para que não houvesse uma justificativa para se jogar pedras na comunidade LGBT, ele deveria ter agido com mais decoro. 

Então, tô me demitindo de defender este rapaz. Péssimo exemplar da comunidade LGBT... Hum... E devo confessar que me incomoda bastante tratar de seres humanos assim, como uma classe separada. Tô me f... pra grupelhos... Meu amigo que por um acaso é homossexual, nas coisas em que a natureza o fez ser humano, e nos seus direitos como tal, não difere de mim. Ele também não difere de mim no gosto amoroso... Nós dois gostamos de homem - haha, só uma piadinha. Enfim, acho que me fiz entender. Na verdade estou muito incomodada com as coisas como estão sendo ultimamente. Comunidade LGBT, direitos dos negros, associação de sem teto, petralhas, coxinhas... Muito nome, muita separação de ingrediente em panelinhas diferentes. Assim não dá pra fazer uma boa receita. Os ingredientes vão juntos ao cozimento, pra fazer uma boa massa!!!


E, senhor deputado Jean Willys, o senhor não está ajudando. 



JulyN.

0 comentários:

Postar um comentário